Posts Tagged ‘turnarounder’

Cultura de uma empresa,flavio itavo,turnarounder

Cultura de uma empresa

Turnarounder explica como mudar a cultura de uma empresa

Cultura de uma empresa: Flávio Ítavo, especialista em recuperação de empresas e readequação aos novos tempos do Mercado, indica que é preciso calma e coragem para fazer as mudanças necessárias

Cultura de uma empresa: Mudanças em culturas organizacionais são ao mesmo tempo necessárias e complicadas de serem feitas. As empresas, como um todo, têm que ajustar suas culturas às condições externas do mercado. Neste movimento, estes ajustes são realizados no dia a dia da corporação. As que falham de maneira mais intensa em se ajustar acabam fazendo parte do time das que estão em crise e com dificuldades. O especialista em recuperação de empresas e readequação aos novos tempos do mercado, Flávio Ítavo, exemplifica: “Um salão de cabeleireiros que se recusa a usar novos produtos para coloração, decidindo de maneira categórica a utilizar somente aqueles que em algum momento foram um diferencial e apresentaram uma boa aceitação. Culturalmente todos os profissionais deste empreendimento estão acostumados a usar tais artigos e não haverá falhas na aplicação destes. Ao mesmo tempo, se não há atualização no roll de itens, não há necessidade de treinar novos procedimentos. Assim, o processo é sempre o mesmo, com os mesmos produtos e resultados”. A propensão de uma atitude como esta é se transformar num círculo vicioso, onde a cada período sem o uso de novos produtos aumenta a dependência na utilização dos antigos. Há também a dificuldade em se perceber a oportunidade que novos itens podem representar. Entretanto, nos negócios, seja de qual segmento for, a inovação é um dos pilares na captação de novos serviços e clientes. Ao desconsiderar esta realidade a empresa coloca sua cultura em oposição a uma tendência de mercado. Ao longo do tempo, esta decisão vai obrigatoriamente afunilar a captação de novos clientes e mesmo a manutenção dos antigos ao perfil de quem será tão conservador quanto a cultura da empresa.

Como mudar a cultura de uma empresa

Ítavo explica que quando há uma situação na qual a cultura tem que ser modificada para que haja a continuidade da empresa, o caminho invariavelmente passa por 4 pontos. Saiba quais são eles:
  1. Achate sua pirâmide hierárquica. Quanto mais níveis hierárquicos existir em uma organização, menor será o controle, mais tempo será necessário para ajustar os comportamentos e mais difícil será sua tarefa. Uma coisa é treinar dois níveis, outra é treinar cinco ou seis níveis hierárquicos;
  2. Empodere (empowerment) seus trabalhadores. Quanto maior for o nível de capacidade de decisão ao longo de toda a cadeia, mais rápidas serão as respostas e melhor será a adesão a novas culturas. Lembre-se, contudo, que dar poder significa correr maior risco e maior necessidade de treinamento;
  3. Se aproxime dos clientes. Quanto maior a distância da gestão dos clientes, menor será o entendimento das necessidades de ajustes de cultura;
  4. Finalmente, o ápice da questão: treinar, treinar e treinar.
Mudanças de cultura, por mais complexas que sejam, fazem parte do controle de crises, assim como fazem parte da gestão de empresas em geral. É importante manter a calma e ter coragem para fazer as mudanças necessárias. “É melhor controlar o processo que ser controlado pela ausência de coragem em mudar”, finaliza o turnarounder.

Sobre Flávio Ítavo

Executivo com 30 anos de experiência em empresas multinacionais e nacionais de grande porte de diferentes segmentos, atualmente, Flávio Ítavo é um dos maiores especialistas em Turnaround, focando seus esforços na recuperação de empresas e readequação aos novos tempos do mercado. Também tem uma carreira sólida como negociador, na criação de alianças, joint ventures, compra e venda de empresas, desenvolvedor de estratégias e táticas de sucesso, criador e iniciador de novos segmentos, produtos e mercados. flavioitavo.com.br | flavio_itavo@uol.com.br  

Continue Reading No Comments

flavio itavo,recuperação de empresas,turn around,turnaround,turnarounder

Turnaround

Flávio Ítavo explica o tempo certo para o turnaround

A prática do Turnaround, ou recuperação de empresas, tornou-se mais do que necessária em tempos de crise, mesmo que algumas empresas ainda tenham receio de confirmar a necessidade de um especialista para ajudar na retomada de crescimento. Mas qual é o momento certo para chamar um turnarounder?

Flávio Ítavo, um dos poucos profissionais em Turnaround no Brasil com mais de 30 anos de expertise em recuperação de empresas, explica: “o mais difícil no Turnaround, além da escolha do profissional e dos processos certos para a retomada de crescimento, é o timing”. Segundo ele, muitas empresas esperam a situação ficar inviável para então entender e/ou aceitar a necessidade de um consultor e, como o próprio nome diz, uma situação inviável já torna o resultado extremamente mais difícil.

Flávio compara a queda e o renascimento de uma empresa com a curva certa feita por um carro em uma corrida: “milésimos de segundos podem ser fatais em casos como esse e escolher o momento certo para a desaceleração faz parte da perfeição de um piloto”. Da mesma forma, aceitar que é a hora de contar com ajuda externa para desacelerar uma queda é fundamental. “Uma empresa toma algum tempo para alterar seu curso, dependendo de seu tamanho, da agilidade de seus quadros, da qualidade de seus funcionários. Digo isto porque é impressionante o número de vezes na qual escuto frases como:
  • A empresa está bem, não temos nenhum pedido de falência em andamento, ainda…;
  • A empresa está bem, são poucos os títulos protestados;
  • Tivemos um “pequeno” problema, devido à impossibilidade de rolarmos nossos empréstimos com bancos;

As frases acima, representam momentos que estão muito, mas muito além de onde seria aconselhável que se realizasse a curva ou fossem acionados os freios”, explica Flávio.

Outro lembrete do especialista: “nenhuma empresa ‘morre’ por conta dos prejuízos. Todas, absolutamente todas, morrem pelo fluxo de caixa. Se uma empresa já não reúne as condições mínimas de gerenciamento do fluxo de caixa, então o melhor momento para chamar o consultor já passou. Isto não significa que não se possa reverter o quadro, mas provavelmente significa que o quadro revertido não será tão bonito quanto seria possível”, enfatiza. Flávio aponta alguns acontecimentos que podem ajudar na escolha do momento certo:
  • Normalmente, um turnarounder precisa ser chamado quando medidas já foram tomadas e seus resultados negativos colocam em risco a continuidade do negócio;
  • Sempre em que a gestão passa a ser continuamente surpreendida pela falta de caixa sem conseguir entender a real motivação de tal fato, é um bom momento para chamar um turnarounder;
  • Quando acontecem imprevistos externos que mudam o mercado, causando cascatas de erros.
Além desses fatores, Flávio finaliza citando uma maneira menos cartesiana mas efetiva para entender se é a hora de contar com ajuda externa: “Sempre que houver uma discussão séria envolvendo palavras-chave como ‘Falência’, ‘Recuperação Judicial’, ‘Concordata’, ‘Bancarrota’, ‘Quebrar’, etc. Estaremos na presença de um dos indicadores de que este é um bom momento para conversar com um especialista. 

Sobre Flávio Ítavo

Executivo com experiência em empresas multinacionais e nacionais de grande porte de diferentes segmentos como Danone, Warner Lambert, Bunge Alimentos, Coty Inc, KPMG, Belsonno, Grupo Canopus e Grupo Niponsul, em posições de Gerência Geral e Diretoria Financeira, de Produção e Vendas, e em Turnaround de empresas como Avis Renta a Car e Cofibam, Fávio Ítavo especializou-se na recuperação de companhias e no redirecionamento para alavancar vendas e resultados. Ao longo de 30 anos, Flávio construiu uma carreira sólida como negociador, na criação de alianças, joint ventures, compra e venda de empresas, desenvolvedor de estratégias e táticas de sucesso, criador e iniciador de novos segmentos, produtos e mercados. Hoje, é um dos maiores especialistas em Turnaround, focando seus esforços na recuperação de grandes empresas e readequação aos novos tempos do mercado.

Saiba mais:

Flávio Ítavo | http://flavioitavo.com.br/ | flavio_itavo@uol.com.br

Continue Reading 1 Comment