fornecedores

Comunicando com os fornecedores

Os fornecedores são a linha mais fácil de manter a comunicação, porém os mais difíceis de controlarmos o que eles devem saber ou não. Explico: Se sua empresa soube montar um relacionamento adequado com seus fornecedores ao longo de sua existência, estes deverão saber muito sobre o que acontece com sua empresa. Este é um caminho de duas vias que geralmente rende bons frutos ao longo dos anos. Seus fornecedores conhecem bem sua empresa e sua empresa conhece bem seus fornecedores. E quando ela entra em crise, é de se esperar que seus fornecedores tomem ciência da natureza da crise, assim como de seus efeitos.

Ocorre que seu maior financiador de capital de giro são seus fornecedores e neste sentido é fundamental mantê-los. Como crises severas significam dificuldades de pagamento, pagar os fornecedores pode se tornar um desafio. É por isso que se comunicar com os fornecedores geralmente é uma tarefa simples, mas manter-se fiel ao que foi comunicado já não é tão simples assim.

Algumas dicas que podem ajudar muito.

1º Como o relacionamento é próximo, seja tão transparente quanto possível. Não gere expectativas otimistas ou que não sejam exequíveis. Como o fornecedor é em boa parte das vezes um velho conhecido e ninguém gosta de prejudicar amigos, a tendência é que as empresas em dificuldades acabem por minimizar suas dificuldades, gerando falsas expectativas em sua capacidade de pagar, principalmente as iniciais. O pior que pode acontecer com um fornecedor é o cliente renegociar a dívida e falhar no primeiro pagamento. Muito melhor negociar o primeiro pagamento para 90 dias que aceitar uma negociação para 60 dias e atrasar 30. 2º Fortaleça o conceito de “uma equipe, um objetivo” e a parte que cabe a cada um dentro deste conceito. Esclareça as dificuldades que ocorreram por parte de sua empresa e a necessidade que haverá de dar continuidade a esta parceria. 3º Estabeleça um fluxo de informação alternativo pelo período mais crítico da crise. Se normalmente a maior parte da comunicação é trocada entre assistentes ou encarregados no fluxo normal das atividades, pode ser uma boa ideia fazer com que gerentes ou diretores passem a ter uma linha de comunicação mais frequente durante este período. 4º Alinhe sua estratégia futura. Fornecedores, assim como bancos, durante a crise precisam ter uma noção de que “um futuro” está sendo providenciado e é atingível. Finalmente lembre-se de que a credibilidade, assim como em todas as outras linhas de comunicação, é fundamental, mas que o bom senso naquilo que está sendo comunicado é tão importante quanto a transparência com que essa comunicação é feita.

Sobre Flávio Ítavo

Executivo com experiência em empresas multinacionais e nacionais de grande porte de diferentes segmentos como Danone, Warner Lambert, Bunge Alimentos, Coty Inc, KPMG, Belsonno, Grupo Canopus e Grupo Niponsul, em posições de Gerência Geral e Diretoria Financeira, de Produção e Vendas, e em Turnaround de empresas como Avis Renta a Car e Cofibam, Flávio Ítavo especializou-se na recuperação de companhias e no redirecionamento para alavancar vendas e resultados. Ao longo de 30 anos, Flávio construiu uma carreira sólida como negociador, na criação de alianças, joint ventures, compra e venda de empresas,  desenvolvedor de estratégias e táticas de sucesso, criador e iniciador de novos segmentos, produtos e mercados. Hoje, é um dos maiores especialistas em Turnaround, focando seus esforços na recuperação de grandes empresas e readequação aos novos tempos do mercado.

Sobre Turnaround

O Turnaround ficou conhecido como processo de recuperação ou renovação corporativa. As stratégias de Turnaround visam avaliar todos os setores de uma companhia, incluindo seus valores e sua missão, propor e executar estratégias agressivas para uma reestruturação profunda e uma mudança de rumo que recoloque a empresa no eixo e permita voltar a crescer. Embora muitas companhias ainda tenham dificuldade em admitir a necessidade do Turnaround, o processo já ajudou a recuperação e na volta por cima de muitas marcas no Brasil e no mundo.

Saiba mais:

Flávio Ítavo | flavioitavo.com.br | flavio_itavo@uol.com.br

Tags: , , ,

Trackback from your site.

flavio

Atualmente é CFO & Turnarounder do Grupo Dallas (Avis & Budget Rent a Car) e autor do Blog.

Leave a comment

You must be logged in to post a comment.